Na Medida Provisória n° 944, publicada no dia 3 de abril de 2020, o Governo Federal implementa o Programa Emergencial de Suporte a Empregos. Com essa ajuda, empresários terão crédito em instituições financeiras para cumprir o pagamento da folha salarial de seus empregados.

Os empréstimos arcarão com o pagamento integral da folha, com um limite de dois salários mínimos por funcionário, de empresas que faturaram, em 2019, mais de R$ 360 mil e menos de R$ 10 milhões.

As empresas que realizarem esse empréstimo não poderão demitir ninguém durante esse período e até 60 dias depois do recebimento da última parcela da linha de crédito.

Encontrou sua resposta?