No dia 7 de abril de 2020 o governo publicou a MP 946, em que autoriza o adiantamento do saque do FGTS devido a pandemia do novo Coronavírus. Em 15 de junho, a Caixa Econômica Federal publicou o calendário para esse saque.

O calendário foi organizado conforme a data de nascimento do trabalhador e possui o dia em que o crédito estará disponível na conta poupança social digital. Esse processo deverá ser realizado pelo aplicativo "CAIXA Tem", com o objetivo de evitar a ida das pessoas para as agências.

Caso o trabalhador queira sacar seus créditos ou passá-lo para alguma outra conta bancária, ele deverá esperar uma segunda data, que também foi dividida com base no aniversário do solicitante.

Calendário do Saque Emergencial do FGTS

O que fazer se eu não quero retirar esse valor do meu FGTS?

Os trabalhadores que não quiserem fazer esse saque emergencial deverão informar, até 10 dias antes da data para o crédito, para que sua conta não seja debitada. Caso o valor seja debitado, basta deixar a conta da poupança social digital sem movimentação até 90 dias após a data da liberação do crédito. Depois desse prazo, o valor retornará para a conta normal do trabalhador, se que ocorra nenhum prejuízo.

> Saiba mais sobre o FGTS Inativo visitando nosso conteúdo sobre o assunto:

Entenda o FGTS Inativo: o que é, quem tem direito, como e quando sacar?

Encontrou sua resposta?